No dia em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi solto -menos de 24 horas após julgamento no Supremo Tribunal Federal que mudou o entendimento sobre prisão após condenação em segunda instância-, a criatividade e rapidez dos internautas brasileiros estiveram altura do momento.

Há quem diga que, desde que o Brasil mergulhou em uma crise política e na polarização dos afetos, o país se converteu em uma espécie de República Federativa dos Memes, uma das poucas instituições em pleno funcionamento.

Entre diferentes montagens de Dilma Rousseff se preparando para buscar Lula na prisão e fotos do ex-presidente em diferentes momentos de comemoração, até os perfis oficiais entraram na brincadeira.

No Twitter, a conta de Lula postou um vídeo em que ele aparece correndo na esteira e fazendo musculação.

A cantora e drag queen Pabllo Vittar, que protagonizou algumas das fake news mais famosas durante as eleições de 2018 -como a que seria amante de Lula ou sua candidata vice-presidência- foi um dos destaques da jornada de memecracia.

Uma das imagens mais lembradas foi o registro do ex-presidente em uma praia do Piauí, sem camisa e com bermuda vermelha: foram feitas piadas sobre a previsão do tempo para os próximos dias e sobre a possível participação de Lula no programa De Férias com o Ex, um reality em que homens e mulheres emergem do bar para atormentar e/ou seduzir seus ex em um local paradisíaco.

Apesar do dia de glória para os ‘esquerdistas’, opositores e críticos de Lula fizeram seus próprios memes, principalmente com referências às acusações de corrupção que levaram o ex-presidente prisão.

Este artigo foi resumido em 44%

Originalmente Publicado: 8 de Novembro de 2019 às 22:42

Fonte: Elpais.com