Após comemorar o sucesso na realização do Enem 2019, o MEC divulgou no sábado que participantes receberam notas erradas.

A assessoria do Inep, órgão ligado ao MEC, confirmou neste domingo que passou analisar também as provas do primeiro dia.

No entanto, funcionários do Inep confirmaram Folha, sob condição de anonimato, que já foi identificado erro na prova de linguagens, do primeiro dia.

No sábado, o governo trabalhava com a informação de que os erros poderiam alcançar até 1% dos participantes, o que representaria cerca de 39 mil pessoas.

O Inep trabalhava até a tarde de sábado com um universo de análise de 50 mil provas, o que resultaria em um número considerado reduzido de possíveis erros.

Krabbe de Guarulhos e quer usar a nota do Enem para uma vaga em relações internacionais na USP -a estadual seleciona parte dos alunos a partir do desempenho no exame.

A avaliação, tanto de integrantes do governo quanto de parlamentares que acompanham o MEC de perto, a de que preciso esperar qual será dimensão do episódio para calcular um possível dano maior a Weintraub.

Este artigo foi resumido em 75%

Originalmente Publicado: 19 de Janeiro de 2020 às 21:29

Fonte: Uol.com.br