Em nota oficial divulgada nesta quarta-feira, o Operário de Várzea Grande, do Mato Grosso, anunciou que desistiu da contratação do goleiro Bruno - condenado a mais de 20 anos de prisão pela morte de Eliza Samudio.

Ele havia sido autorizado pela Justiça a se mudar para o Mato Grosso.

“Os contrários estavam pressionando os patrocinadores e, por isso, desistimos”, disse o supervisor de futebol do clube, André Xela.

Este artigo foi resumido em 12%

Originalmente Publicado: 22 de Janeiro de 2020 às 18:25

Fonte: Oantagonista.com