Jair Bolsonaro usou sua famigerada transmissão ao vivo pelas redes sociais para ironizar o Papa Francisco nesta quinta-feira 13/II. Na véspera, o Papa publicou uma exortação nas redes sociais intitulada “Querida Amazônia”, na qual pedia ajuda para “Despertar a estima e a solicitude pela Amazônia, que também nossa”.

Em sua live nesta quinta, Bolsonaro tentou explicar sua decisão de transferir a coordenação do Conselho Nacional da Amazônia Legal do Ministério do Meio Ambiente para o Vice-Presidente, Hamilton Mourão.

“Ele está mais do que capacitado a desempenhar muito bem essa missão e mostrar para o mundo que estamos preocupados com a Amazônia. A Amazônia nossa, não como o Papa tuitou ontem não, tá? A Amazônia nossa. E nós queremos preservá-la e fazer com que possamos então nos beneficiar dos seus recursos de forma sustentável”, disse.

Mais cedo, Bolsonaro já havia atacado o Greenpeace, após a ONG emitir uma nota crítica ao Conselho da Amazônia.

“Quem Greenpeace? Quem essa porcaria chamada Greenpeace? Isso um lixo”, disse Bolsonaro na saída do Palácio da Alvorada.

Gostou desse conteúdo? Saiba mais sobre a importância de fortalecer a luta pela liberdade de expressão e apoie o Conversa Afiada! Clique aqui e conheça!

Este artigo foi resumido em 0%

Originalmente Publicado: 13 de Fevereiro de 2020 às 21:17

Fonte: Google News