O presidente Jair Bolsonaro assinou decreto, publicado nesta sexta-feira no “Diário Oficial da União”, que colocou sob sua “Subordinação direta” a Secretaria Especial da Assuntos Estratégicos.

Entre as funções da SAE está assessorar a Presidência da República na definição de estratégias para a formulação de políticas públicas de longo prazo.

O almirante Rocha o terceiro secretário de Assuntos Estratégicos desde o início do governo Bolsonaro, em janeiro de 2019.

Antes dele e de Grossi, a secretaria foi comandada pelo general Maynard Marques de Santa Rosa, que pediu demissão em novembro do ano passado.

Na semana passada, o almirante acompanhou ao lado de Bolsonaro o discurso do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, absolvido pelo Senado no processo de impeachment.

O mesmo decreto que levou a SAE da Secretaria-Geral para subordinação direta a Bolsonaro mexeu em competências da Assessoria Especial do Presidente.

Entre as funções da assessoria está assessorar o presidente na preparação de material de informação e de apoio e de encontros e audiências com autoridades e personalidades estrangeiras, e participar do planejamento, preparação e execução das viagens internacionais do presidente.

Este artigo foi resumido em 40%

Originalmente Publicado: 14 de Fevereiro de 2020 às 10:50

Fonte: Globo