De acordo com fontes anônimas para o site Bloomberg, a Sony está tendo alguns problemas para definir o preço do PlayStation 5 por conta de seu alto custo de produção, que estaria por volta dos US$ 450 - cerca de R$ 1.900 na cotação de hoje.

O motivo para o custo estar tão alto seria a falta de alguns componentes eletrônicos no mercado, especialmente de DRAM e NAND. Esses mesmos componentes são usados em smartphones, o que faz com que eles tenham uma demanda alta e, consequentemente, um preço mais elevado.

O preço unitário de fabricação subiu para US$ 450.

Para efeitos de comparação, o custo de produção do PlayStation 4 foi de US$ 381, e o preço final de lançamento ficou em US$ 399.

Vale lembrar que essas especulações foram ditas por fontes anônimas que alegam ter ligação com a Sony, portanto melhor tratar tudo como rumor por enquanto.

O próximo hardware da Sony, o PlayStation 5, promete elevar a qualidade de seu antecessor com resolução de 8K, um SSD para reduzir o tempo de carregamento dos jogos e até uma tecnologia que suporta ray-tracing para luzes e sombras mais realistas.

O console está previsto para ser lançado na reta final de 2020.

Este artigo foi resumido em 10%

Originalmente Publicado: 14 de Fevereiro de 2020 às 16:20

Fonte: Jovemnerd.com.br