Rafael e o Cruzeiro chegaram a um acordo nesta sexta-feira e rescindiram o contrato de trabalho depois de uma audiência na 19ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte.

“Teve acordo. Conseguimos chegar em um número para o Rafael poder seguir a carreira dele. Ele encerra o vinculo dele com o Cruzeiro. Agora ele está livre para trabalhar onde quiser” - Foi uma rescisão de contrato.

O processo depende de acerto de uns valores que o Cruzeiro precisa fazer com o Rafael.

que o Atlético-MG o principal interessado nele e só esperava a rescisão do goleiro com o Cruzeiro para poder negociar efetivamente com ele.

A ação do goleiro Rafael contra o clube foi ajuizada no dia 23 de janeiro deste ano.

Aos 30 anos, o atleta tem o desejo de uma sequência como titular, o que não conseguiu no Cruzeiro em função da presença de Fábio.

Fabrício Bruno acabou chegando a um acordo extrajudicial e foi para o Bragantino; Thiago Neves conseguiu rescindir e foi para o Grêmio; David também teve liminar favorável rescisão, foi para o Fortaleza, mas depois chegou a um acordo com o Cruzeiro, retirando a ação, assim como aconteceu com Éderson.

Este artigo foi resumido em 69%

Originalmente Publicado: 14 de Fevereiro de 2020 às 17:19

Fonte: Globo