No chão, uma trilha de sangue, indicando que um corpo foi arrastado, e gotas de sangue em uma única direção, da esquerda para a direita, são sinais de que o ex-capitão estava deitado quando foi morto.

Em nota, o Departamento de Polícia Técnica negou que os disparos tenham sido feitos a curta distância e que o ferimento na cabeça possa ter sido causado pela queda de Nóbrega após ter sido atingido.

Embora os dois projéteis que atingiram Nóbrega tenham transpassado o seu corpo, só um deles foi localizado e apreendido - os projéteis são importantes para definir a distância entre os policiais e a vítima e também as posições de cada um na cena.

Guimarães disse polícia que não sabia da relação de Nóbrega com o crime e que o abrigou por causa do interesse do ex-capitão de adquirir propriedades na região.

Diversos indícios apontam que Nóbrega já tinha a informação de que era alvo de uma operação conjunta entre as polícias fluminense e baiana.

No sítio, a vizinhança relata que, antes mesmo da morte de Nóbrega, dificilmente o vereador era visto por lá. A movimentação na propriedade costuma ser restrita a dois empregados que alimentam o gado e transportam animais para comercialização.

Em nota, afirmou que não conhece Nóbrega e não sabia que ele estava escondido em seu sítio.

Este artigo foi resumido em 88%

Originalmente Publicado: 14 de Fevereiro de 2020 às 21:37

Fonte: Uol.com.br