Nesta segunda-feira, a axé tem espaço de destaque em meio aos blocos que saem as ruas de Belo Horizonte.

Neste ano, o bloco, que se concentra às 9h, faz uma homenagem ao cantor e compositor Gilberto Gil.

Com repertório baseado no axé dos anos 80 e 90 e influência dos blocos afros baianos para sua formação instrumental, o bloco desfila com uma banda base em cima do trio enquanto a percussão fica a cargo da bateria no chão.

O repertório do bloco Daquele Jeito, que se concentra Savassi a partir das 8h, conta com o suingue do Harmonia do Samba, de Léo Santana e Psirico, com os arrochas do Pabllo Vittar e os sembas de Magary Lord.

O bloco tem referências estéticas e musicais em cima da diva Beyoncé, principalmente, e toca do pop internacional ao funk brasileiro.

O bloco levanta as causas LGBTIQ+ e feminista e um espaço de respeito, liberdade e representação em meio folia belo-horizontina.

Com o lema “Todo mundo junto e aglomerado”, o bloco traz o tema a diversidade.

Este artigo foi resumido em 85%

Originalmente Publicado: 23 de Fevereiro de 2020 às 20:35

Fonte: Globo