Uma equipe de cientistas do departamento de Microbiologia da Universidade Estadual do Oregon, nos Estados Unidos revelaram a existência do primeiro animal que não precisa de oxigênio para sobreviver.

“Quando pensamos em ‘animais’, imaginamos criaturas multicelulares que precisam de oxigênio para sobreviver, ao contrário de muitos organismos unicelulares, incluindo protistas e bactérias”, disse o pesquisador.

Os pesquisadores, contudo, não conseguiram identificar qual o substituto do oxigênio para o animal.

“Em nosso trabalho, mostramos que há pelo menos um animal multicelular que não possui o kit de ferramentas genéticas para usar oxigênio”.

Segundo Atkinson, essa descoberta capaz de redefinir o que significar ser um animal.

O novo membro do reino animal tem a forma de cistos brancos e, apesar de ser um parasita, ele não parece prejudicar a vida do peixe e não pode infectar humanos, de acordo com os pesquisadores.

Atkinson e sua equipe acreditam que este não seja o único animal capaz de sobreviver sem oxigênio.

Este artigo foi resumido em 38%

Originalmente Publicado: 26 de Fevereiro de 2020 às 15:50

Fonte: Uol.com.br