O dólar reverteu a tendência da abertura e caminha para a primeira queda das últimas 12 sessões, que fizeram a moeda norte-americana fechar a quinta-feira negociada a R$ 4,65, maior valor nominal desde a criação do real.

Nesta sexta-feira, após marcar R$ 4,6675 pela manhã, o dólar comercial passou a cair durante a tarde e era vendido por R$ 4,627 às 16h, pouco antes do fechamento do mercado.

Nesta sessão, o Banco Central realizou leilão de 40 mil contratos de swaps tradicionais, equivalentes venda futura de dólares, comercializando o total da oferta de US$ 2 bilhões, o dobro do oferecido nos três leilões de até 20 mil contratos cada que aconteceram na quinta-feira.

A medida extraordinária veio justamente depois do salto do dólar por 12 sessões seguidas, renovando sua máxima recorde para fechamento nas últimas dez.

Na quinta-feira, o dólar vista fechou em alta de 1,54%, a R$ 4,651 na venda.

Este artigo foi resumido em 1%

Originalmente Publicado: 6 de Março de 2020 às 16:01

Fonte: R7.com