A Apple Brasil voltou atrás e retirou a restrição de vendas de iPhones no site da marca, estabelecida na última semana.

Existe a suspeita de que medida tenha sido adotada em virtude da pandemia do novo coronavírus, tendo em vista que fábricas tiveram a cadeia produtiva afetada e todas as lojas físicas da companhia fora da China permanecem fechadas.

Além disso, de acordo com o portal MacRumors, lançamentos como Macbook Air e Mac Mini também passaram pela restrição nas lojas oficiais da Apple nos Estados Unidos, Canadá, Europa e Ásia.

Agora os consumidores brasileiros que queiram comprar o iPhone 11, iPhone 11 Pro, iPhone 11 Pro Max, iPhone XR, iPhone 8 ou iPhone 8 Plus não receberão mais a mensagem que informava ao usuário que era possível adquirir no máximo duas unidades.

Site oficial da Apple mostrava mensagem que informava restrição de até duas unidades do iPhone 11 Pro Max - Foto: Vitor Grama/TechTudo.

Embora o país não tenha limite para vendas de iPhone e Mac Mini, possível realizar apenas cinco pedidos do MacBook por cliente.

Além disso, o iPad Pro ainda não pode ser encontrado no país, já que a aprovação do dispositivo ainda está pendente no país.

Este artigo foi resumido em 59%

Originalmente Publicado: 24 de Março de 2020 às 06:10

Fonte: Techtudo.com.br