O Ministério da Saúde oficializou, nesta quarta-feira, um posicionamento autorizando que médicos usem a cloroquina/hidroxicloroquina para tratar pacientes internados em estado grave com Covid-19.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, alertou hoje para os riscos de efeitos colaterais graves provocados pela droga, um imunomodulador receitado para casos de malária e para algumas doenças autoimunes, como o lúpus.

Este artigo foi resumido em 14%

Originalmente Publicado: 25 de Março de 2020 às 19:11

Fonte: Youtube.com