O isolamento na Espanha foi prorrogado nesta quinta-feira para o dia 12 de abril em uma tentativa de conter a expansão de Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.

O Parlamento votou no começo desta quinta a prorrogação das medidas de emergência, incluindo o estado de isolamento que fez com que as pessoas ficassem confinadas em casa, só podendo sair para comprar comida ou remédios ou ir ao trabalho.

O número de casos confirmados no país aumentou em 10 vezes desde que o estado de emergência foi imposto, no dia 14 de março.

“Não fácil estender o estado de emergência, estou convencido que a única opção eficiente contra o vírus o isolamento social”, disse o primeiro-ministro Pedro Sanchez A maioria dos 321 deputados votou a favor, e 28 se abstiveram.

Casado criticou a decisão de não adiar a marcha do Dia das Mulheres, que levou centenas de milhares de pessoas às ruas, e a falta de equipamentos médicos.

Em uma entrevista a uma rádio, ela disse que preciso dar preferência a compras de longo prazo de fornecedores estáveis “Para não depender desses bandidos”.

A Espanha fez uma encomenda de máscaras, kits de testes e luvas no valor de 432 milhões de euros da China e pediu ajuda Otan para comprar ventiladores.

Este artigo foi resumido em 56%

Originalmente Publicado: 26 de Março de 2020 às 07:21

Fonte: Globo