O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou nesta quarta-feira que a posição do governo uma só”: o isolamento e o distanciamento social.

Durante a entrevista, ele foi questionado sobre o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro, nesta quarta, no qual Bolsonaro pediu a “Volta normalidade” em meio pandemia do coronavírus, o fim do “Confinamento em massa” e afirmou que os meios de comunicação espalharam “Pavor”.

“A posição do nosso governo, por enquanto, uma só: o isolamento e o distanciamento social”, afirmou Mourão.

Logo após o pronunciamento do presidente da República ter ido ao ar, o presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre, disse que a fala de Bolsonaro foi “Grave” e que o país precisa de uma “Liderança séria”.

Em seguida, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou que o pronunciamento foi “Equivocado” e que os brasileiros precisam seguir as orientações da Organização Mundial de Saúde.

“Desde o início desta crise venho pedindo sensatez, equilíbrio e união. O pronunciamento do presidente foi equivocado ao atacar a imprensa, os governadores e especialistas em saúde pública”, publicou Rodrigo Maia em uma rede social.

“Amanhã de manhã, o ministro Braga Netto estará realizando uma reunião com os representantes dos ministérios e também ouvindo os governadores dos estados para que se defina um planejamento comum, restrições comuns, de modo que seja assegurado em todo o Brasil o fluxo logístico”, explicou.

Este artigo foi resumido em 56%

Originalmente Publicado: 25 de Março de 2020 às 17:44

Fonte: Globo