O secretário especial da Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, afirmou hoje que o governo vai editar uma nova Medida Provisória permitindo que as empresas suspendam os contratos e os salários dos funcionários em meio crise do coronavírus.

Na noite de domingo, Bolsonaro publicou uma MP permitindo que as empresas suspendessem os contratos e os salários dos funcionários por até quatro meses.

A MP teve forte repercussão negativa, e o presidente revogou, na segunda-feira, o trecho que previa a suspensão dos salários.

Depois, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que havia um erro de redação no texto.

A nova MP que será publicada também preverá, segundo Bianco, redução salarial por faixa de renda.

O secretário disse ainda que a MP 927, publicada no domingo, foi elogiada em diversos países do mundo e que a estimativa que com ela já tenham sido protegidos diversos empregos.

Bianco admitiu que o ministério da Economia foi pego de surpresa com a pandemia, mas salientou que o governo está fazendo o que pode para criar um ambiente propício para evitar demissões.

Este artigo foi resumido em 58%

Originalmente Publicado: 26 de Março de 2020 às 12:16

Fonte: Uol.com.br