A rivalidade entre Messi e Cristiano Ronaldo tem um peso muito grande para os argentinos.

E um dos que levava essa história muito a sério ninguém menos do que Paulo Dybala.

O craque da Juventus contou que não gostava de CR7, mas que percebeu que o agora companheiro muito mais amável no dia a dia do que quando aparece na mídia.

A entrevista foi a um evento da Federação Argentina de Futebol.

“Nós não sabíamos nada sobre o Cristiano. um grande cara, muito sociável e amigável dentro e fora do vestiário. Uma vez sentei com ele e contei: cara, sou sincero, nós na Argentina te odiamos pela sua postura, pela sua forma de ser, de caminhar. Ele começou a rir e disse que sabia ser assim, mas estava acostumado com as críticas por isso.”

Sabe tudo de futebol e quer provar que um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! grátis!

“Em campo nós dois temos muita intensidade, estamos encontrando nossa parceria, estou entendendo seus movimentos, suas características dentro do campo. No primeiro ano não nos demos tão bem porque mudei de posição, mas acho que vai melhorar. Eu jogava livre, mas agora preciso me completar com ele”, complementou Dybala.

Este artigo foi resumido em 0%

Originalmente Publicado: 31 de Março de 2020 às 21:21

Fonte: Esporteinterativo.com.br