Brasileiros a caminho do aeroporto de Joanesburgo, na África do Sul - Foto: Reprodução/Twitter/Embaixada do Brasil.

Um voo com cerca de 300 brasileiros que estavam retidos na África do Sul após o governo local decretar o isolamento total do país parte na madrugada desta quarta-feira de Joanesburgo com destino ao aeroporto de Cumbica, em Guarulhos.

Este o primeiro voo com estrangeiros a receber autorização para deixar o país desde que o espaço aéreo foi fechado, em 26 de março.

Segundo o embaixador do Brasil na África do Sul, Edilson Jorge, um voo charter está sendo negociado para trazer os brasileiros que não tinham passagens e permanecem no país.

Para a viagem desta quarta-feira, a embaixada conseguiu que o governo sul-africano autorizasse o voo e também liberasse o transporte dos brasileiros entre seus hotéis e o aeroporto, que permanece fechado e terá um setor aberto apenas para este embarque e decolagem.

Usando máscaras, eles tiveram que manter distância uns dos outros e seguir um rigoroso processo de checagem de saúde e segurança realizado por autoridades sanitárias sul-africanas.

A previsão de que os brasileiros cheguem a Guarulhos no início da tarde desta quarta-feira.

Este artigo foi resumido em 29%

Originalmente Publicado: 31 de Março de 2020 às 20:40

Fonte: Globo