Cerca de 12,4 milhões de pessoas que fizeram a inscrição para o auxílio emergencial de R$ 600 por meio do aplicativo ou pelo site da Caixa terão de fazer o recadastramento para receber o dinheiro, segundo o banco.

Até agora, de acordo com a Caixa, houve 96,9 milhões de cadastros no total, sendo 50,1 milhões aprovados para receber o auxílio.

O presidente da Caixa reconheceu que houve uma aglomeração grande de pessoas em agências nesta semana para o recebimento do auxílio, contrariando as recomendações de órgãos de saúde durante a pandemia de coronavírus.

“Sabemos que houve nesta semana uma aglomeração grande. Estamos agindo para reduzir. Resolver, não. deixar muito claro aqui. Não há nenhuma possibilidade de se pagar 50 milhões de pessoas em três semanas e não existir fila. Isso não existe. Não vou prometer o que impossível. O que nós faremos mitigar, reduzir as filas, com a ajuda de todos vocês”, afirmou.

Entre as medidas que a Caixa tomará para isso estão o aumento de número de funcionários e vigilantes nas agências, e o calendário de saque de pessoas que se inscreveram pelo aplicativo ou site não coincidirá com o de beneficiários do Bolsa Família, como aconteceu na última semana.

Também há relatos de pessoas que ainda não conseguiram a aprovação para o benefício ou não receberam o valor.

“Não estou dizendo que não tem problema, tem problema. E tem que melhorar. Mas além de ter problema, tem uma questão muito importante de falta de conhecimento”, afirmou.

Este artigo foi resumido em 59%

Originalmente Publicado: 1 de Maio de 2020 às 17:42

Fonte: Uol.com.br