O sétimo levantamento da Consultoria Datagro para a safra 2019/2020 do Brasil traz leve redução na produção de soja com a colheita já virtualmente encerrada no país, totalizando 121,26 milhões de toneladas.

Paralelamente, a safra de milho teve sua estimativa de produção elevada ante o último levantamento, totalizando potencial de 102,18 milhões de toneladas nas duas safras brasileiras.

A área plantada saltou para 36,92 milhões de hectares, com aumento de 3% ante área de 35,92 milhões de hectares em 2018/19, mas o rendimento médio caiu de 3.306 kg/ha desde a estimativa anterior para 3.289 kg/ha.

A safra 2019/20 de milho no Brasil teve revisão altista de produção ante o último levantamento, com potencial de produção nas duas safras de 102,18 milhões de toneladas em todo o país, ante 101,93 milhões de toneladas no último levantamento, e pouco acima do recorde da safra passada de 102,08 milhões de toneladas.

“Apesar da irregularidade das chuvas e perdas na região Sul, a primeira safra de milho teve seu potencial de produção revisado e reduzido desde abril para 25,60 milhões de toneladas, agora 2% inferior aos 26,08 milhões de toneladas da safra passada. Isso em função da melhora nos números da região Norte/Nordeste”, afirma França.

A área de milho na 1ª safra teve leve revisão baixista, para 4,40 milhões de hectares, ante 4,42 milhões de ha no último levantamento.

“Já para a safra de inverno de 2020, tivemos área total no Brasil revisada para 13,99 milhões de ha, 4% superior aos 13,39 milhões de ha do ano passado”, ressalta França.

Este artigo foi resumido em 47%

Originalmente Publicado: 1 de Maio de 2020 às 18:13

Fonte: Canalrural.com.br