SÃO PAULO - Com a presença virtual dos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, as principais centrais sindicais do Brasil realizaram nesta sexta-feira, de forma virtual, uma comemoração do Dia do Trabalho.

Essa foi a primeira vez desde 1989 que Fernando Henrique e Lula participaram do mesmo ato político.

E nós precisamos de, antes de mais nada, capacidade de olhar para frente, acreditar no futuro e juntar as pessoas para que possam marchar juntas - afirmou o ex-presidente.

Ex-ministro e governador, Ciro Gomes alertou que a situação econômica do país já era ruim antes da crise.

importante lembrar que o Brasil contava com mais de 13 milhões de desempregados antes da crise do coronavírus e 38 milhões estavam obrigadas a viver a dura realidade da informalidade sem nenhuma proteção - disse Ciro.

A ex-ministra e senadora Marina Silva afirmou que esse o Dia do Trabalho mais difícil do século.

por isso que fundamental que a gente esteja unido em torno daquilo que essencial: a defesa da vida, a proteção dos direitos e a defesa da nossa democracia - afirmou Marina.

Este artigo foi resumido em 76%

Originalmente Publicado: 1 de Maio de 2020 às 19:14

Fonte: Globo