Um relatório do Governo norte-americano afirma que o regime comandado por Xi Jinping “Ocultou intencionalmente a gravidade” da pandemia, iniciada na cidade de Wuhan, enquanto reforçava suas provisões de material sanitário, acusação que se soma dos serviços de inteligência de outros países.

O Reino Unido afirmou que a China deve algumas explicações depois de superada a crise.

O presidente Donald Trump antecipou na noite deste domingo que os EUA publicarão um relatório completo sobre o ocorrido.

“Vamos apresentar um relatório muito contundente sobre o que aconteceu exatamente, e acredito que será conclusivo”, acrescentou.

A China confirmou em 6 de fevereiro a morte do médico que tinha dado a voz de alerta sobre o coronavírus e foi por isso repreendido pela polícia, após dias de protestos de seus próprios cidadãos pela forma como o regime tinha ocultado a pandemia.

Os serviços norte-americanos de inteligência descartam neste momento que o vírus seja uma “Criação artificial ou modificado geneticamente”, o que contradiz o sugerido por Trump na quinta-feira passada, quando chegou a mencionar uma ação deliberada de algum indivíduo.

Questionado por seus comentários de que o balanço era “Um sucesso histórico”, admitiu que “não se pode chamar de sucesso”, mas que, em todo caso, melhor que “Um ou dois milhões que teria havido”.

Este artigo foi resumido em 72%

Originalmente Publicado: 5 de Maio de 2020 às 11:30

Fonte: Elpais.com