Pedestres, com máscaras, passam pelas bancas de mercado em Hong Kong, no sábado - Foto: Isaac Lawrence / AFP. Hong Kong anunciou nesta terça-feira que irá começar a relaxar algumas medidas de distanciamento social para conter a propagação do novo coronavírusa partir de sexta-feira.

Academias, salões de beleza e teatros, entre outros estabelecimentos, poderão reabrir e passará de quatro para oito o número de pessoas que terão permissão para se reunir.

Na Turquia, as principais fábricas poderão reabrir a partir do dia 11 de maio, mesmo com os mais de 130 mil casos do coronavírus registrados no país.

A Organização Mundial da Saúde encorajou nesta os países a buscarem casos suspeitos de Covid-19 em registros feitos a partir do fim de 2019.

As autoridades de saúde do México estimam que a Covid-19 deixará cerca de 6.000 mortos no país, quase o triplo das mais de 2.000 relatadas, segundo projeções divulgadas nesta segunda-feira.

A pandemia de Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, causou mais de 251 mil mortes no mundo, segundo balanço da universidade americana Johns Hopkins.

Mais de 3,5 milhões de pessoas foram infectadas e mais de 1,1 milhão de pessoas se recuperaram.

Este artigo foi resumido em 57%

Originalmente Publicado: 5 de Maio de 2020 às 06:22

Fonte: Globo