As penas mais altas foram para Moisés, do Inter, e Paulo Miranda, do Grêmio, que pegaram quatro jogos, cada, e estão fora do restante da fase de grupos, caso a competição seja retomada.

Luciano, do Grêmio, e Edenilson, do Inter, levaram três jogos cada.

Esses quatro terão de pagar 3 mil dólares em multa, cada um.

Outros quatro jogadores pegaram apenas um jogo de suspensão e multa de 1,5 mil dólares: Victor Cuesta e Praxedes, do Inter, e Caio Henrique e Pepê, do Grêmio.

Os clubes foram condenados a pagar multa de 9 mil dólares cada.

As penas ainda não foram oficializadas pela entidade em seu site oficial.

De acordo com Nestor Hein, do departamento jurídico do Grêmio, o clube não irá recorrer da punição.

Este artigo foi resumido em 41%

Originalmente Publicado: 22 de Maio de 2020 às 21:43

Fonte: Correiodopovo.com.br