Manifestantes que participaram de um ato antirracista neste domingo em Bristol, no sul da Inglaterra, derrubaram a estátua do traficante de escravos Edward Colston e depois a jogaram em um rio que corta a cidade.

Protestos antirracismo vêm ocorrendo pelo mundo desde a morte de George Floyd, cidadão negro sufocado por um policial branco em Minneapolis, nos Estados Unidos, no dia 29 de maio.

Estima-se que ele tenha transportado 84 mil homens, mulheres e crianças negociados como escravos na África ocidental - 19 mil morreram na jornada para o Caribe e para as Américas.

A estátua em tributo ao escravocrata havia sido erguida em 1895.

Depois, alguns colocaram o joelho sobre a estátua, em referência ação policial que terminou com o assassinato de George Floyd.

7 de junho - Imagem estática tirada de um vídeo em 7 de junho de 2020, cortesia de William Want via Twitter, mostra manifestantes derrubando uma estátua do comerciante de escravos Edward Colston, em Bristol - Foto: AFP/William Want.

7 de junho - Manifestantes derrubam estátua do traficante de escravos Edward Colston, em Bristol, na Inglaterra - Foto: Ben Birchall/PA via AP. 7 de junho - Manifestantes derrubam estátua do comerciante de escravos Edward Colston, em Bristol, na Inglaterra - Foto: Ben Birchall/PA via AP. 7 de junho - Manifestantes jogam estátua do traficante de escravos Edward Colston no porto de Bristol, durante manifestação Black Lives Matter, em Bristol, na Inglaterra - Foto: Ben Birchall/PA via AP. PROTESTOS POR MORTE DE GEORGE FLOYD.

Este artigo foi resumido em 13%

Originalmente Publicado: 7 de Junho de 2020 às 14:29

Fonte: Globo