A Estrela Solitária nunca brilhou tanto! Em noite inspirada de Wágner e com gol decisivo de Túlio Maravilha - sempre ele -, o Botafogo empatou com o Santos em 1 a 1 neste domingo, no Pacaembu, e conquistou pela primeira vez o Campeonato Brasileiro.

Depois de uma campanha regular no primeiro turno, o Botafogo atropelou no segundo turno e terminou como líder do Grupo A, com 27 pontos e apenas uma derrota.

Na decisão, após vencer o primeiro jogo no Maracanã por 2 a 1, o Fogão segurou o empate contra o Santos e ficou com a taça.

Com Leandro Ávila e Jamir anulando as ações de Giovanni, principal nome santista, e Wilson Goiano levando a melhor sobre Camanducaia, o Botafogo foi gostando do jogo.

O gol deu uma desarrumada ainda maior no Santos, que chegou a ter uma chance clara com Giovanni, após cobrança de escanteio de Jamelli, e outra com Marcos Adriano.

O Santos ainda teve um gol anulado de Camanducaia, e o Botafogo uma bola na trave, com Donizete, um leão em campo mesmo atuando lesionado.

Os minutos finais foram de sofrimento para a torcida botafoguense, o árbitro Márcio Rezende de Freitas levou o jogo até os 49 minutos, mas o apito final tirou o grito da garganta da torcida gloriosa! E Túlio Maravilha cumpriu sua profecia, comendo peixe e tudo depois.

Este artigo foi resumido em 76%

Originalmente Publicado: 7 de Junho de 2020 às 17:56

Fonte: Fogaonet.com