Uma delas a doação que pode ser realizada na declaração de Imposto de Renda, que se estende até o fim deste mês.

Os contribuintes têm a possibilidade de doar até 3% do imposto devido aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente e Fundos do Idoso, que destinam a verba para instituições sociais.

Ao fazer ação, fica garantido que parte do imposto de renda que será pago pelo contribuinte ao Fisco será destinado ao programa social beneficiado.

“Essa iniciativa precisa ser propagada e incentivada, sobretudo que estamos enfrentando. Muitas pessoas ainda não sabem que podem exercer a solidariedade no momento da declaração do imposto de renda uma ação sem ônus para o contribuinte, que tem a oportunidade de colaborar com causas tão importantes ao entregar parte do imposto que iria para o Fisco” afirma Samir Nehme, Presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Rio de Janeiro.

Samir explica que, caso a doação seja feita ao longo do ano, os contribuintes podem doar até 6% do tributo.

“Essa adequação no programa da Receita Federal, que incorporou a possibilidade de doação dentro do processo do sistema de declaração, facilitou o processo e tornou mais prático entender qual valor possível doar e efetuar sua contribuição” orienta Nehme.

Para que a doação seja devidamente declarada e abatida do valor devido, necessário que o contribuinte realize o pagamento dos documentos até 30 de junho.

Este artigo foi resumido em 39%

Originalmente Publicado: 15 de Junho de 2020 às 15:56

Fonte: Contabeis.com.br