E parece que as fabricantes da Coreia do Sul têm o hábito de realizarem uma autossabotagem após alguns anos no topo do mercado mobile.

Depois da LG descer ladeira abaixo ao adotar o Snapdragon 821 no LG G6, quando grande parte das fabricantes estava implementando o Snadragon 835 e nunca mais se reerguer dessa falha estratégica, agora a Samsung parece querer ir pelo mesmo caminho.

De acordo com alguns rumores, a próxima geração de flagships da empresa, Galaxy S21, deve adotar a plataforma Snapdragon 865, a mesma utilizada nos modelos da linha Galaxy S20, fazendo uma “Reciclagem” da plataforma para manter um equilíbrio nos preços.

Levando em conta o salto no preço que teve entre a família Galaxy S10 e S20, talvez seja uma boa opção para dar uma segurada nessa alavancagem que gerou queda nas vendas dos aparelhos, principalmente durante a pandemia.

Outro ponto que pode influenciar nessa decisão o fato do Snapdragon 865 ter apresentado uma performance superior ao Exynos 990 em diversos comparativos de desempenho, fazendo com que a versão norte-americana não precise de um upgrade tão alto em pouco tempo.

Além disso, o Exynos 1000 está sendo cotado para vi na versão global, fazendo com que os usuários desse modelo tenham uma qualidade gráfica superior aos que podem vir a adquirir o S21 com SD 865.

E aí, caro leitor, o que você acha dessa estratégia da Samsung? Diga a sua opinião nos comentários!

Este artigo foi resumido em 14%

Originalmente Publicado: 29 de Junho de 2020 às 10:17

Fonte: Tudocelular.com