O cachorro adotado pela primeira-dama Michelle Bolsonaro, após ser resgatado nos fundos do Palácio do Planalto, em Brasília, no dia 18 de junho, tinha dono e foi devolvido.

“Só tenho a agradecer a família Bolsonaro e a todos que cuidaram dele por terem cuidado muito bem do meu cachorro!” Questionado pelo G1, o Palácio do Planalto afirmou, em nota, “não ter interesse na pauta”.

O animal, que originalmente se chamava Zeus, chegou a ganhar o nome de Augusto Bolsonaro e um perfil no instagram.

“Minha mamãe a Michelle Bolsonaro e minhas irmãs são Letícia e Laura”, diz a descrição na rede social.

Como o funcionário não tinha condições de ficar com o cachorro, a família Bolsonaro adotou Zeus e o chamou de Augusto Bolsonaro.

Na rede social, Michelle Bolsonaro disse que o cão está marcado no coração da família e dos funcionários que tiveram contato com ele.

“Ele não tinha o perfil de cachorro de rua. Nós tínhamos ciência que ele tinha uma família, mas ele estava solto.” Leia mais notícias sobre a região no G1 DF..

Este artigo foi resumido em 46%

Originalmente Publicado: 30 de Junho de 2020 às 18:40

Fonte: Globo