Quem em 2019 fez o saque imediato de R$ 500 ou de R$ 998 do FGTS, deve informar esse valor na declaração do Imposto de Renda deste ano.

Só necessário informar o valor retirado do FGTS aqueles que se enquadram em pelo uma das exigências para entrega da declaração do IR 2020.

A pessoa que sacou um valor superior a R$ 40 mil do FGTS no ano passado, por causa de demissão, ou para compra de imóvel, ou por outro motivo, deve fazer a declaração do IR 2020.

O contribuinte que sacou menos de R$ 40 mil, mas está enquadrado em alguma outra situação que o obrigue a apresentar a declaração do IR 2020, também deve informar na declaração o valor do FGTS recebido.

A declaração do FGTS deve ser feita na ficha de rendimentos isentos.

Em seguida, clique em “Novo”;.Escolha o “Tipo do Rendimento” pelo código 04;.Feito isso, escolha o “Beneficiário”, que pode ser o “Titular”, se a conta do FGTS for sua, ou “Dependente”, se o saque foi feito do FGTS de um de seus dependentes;.

Informe o valor total do saque do ano passado e conclua o preenchimento da ficha clicando em “OK”..

Este artigo foi resumido em 39%

Originalmente Publicado: 29 de Junho de 2020 às 21:56

Fonte: Noticiasconcursos.com.br