As polêmicas que resultaram no cancelamento da nomeação de Decotelli começaram antes mesmo do anúncio de que ele comandaria a Educação - remetem passagem anterior dele pelo governo, em 2019, como presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação.

O cargo de ministro da Educação está vago há 13 dias, desde 18 de junho, quando Abraham Weintraub, anunciou que deixaria o cargo para postular o cargo de diretor-executivo do Banco Mundial.

As inconsistências começaram a aparecer depois que o próprio reitor da Universidade Nacional de Rosário, na Argentina, Franco Bartolacci, afirmou que o novo nome anunciado para o MEC nunca concluiu o doutorado e que a tese dele foi reprovada, justamente o contrário do registrado no currículo do professor.

“Desde quando anunciei o nome do Professor Decotelli para o Ministério da Educação só recebi mensagens de trabalho e honradez. Por inadequações curriculares o professor vem enfrentando todas as formas de deslegitimação para o Ministério. O sr. Decotelli não pretende ser um problema para a sua pasta, bem como, está ciente de seu equívoco. Todos aqueles que conviveram com ele comprovam sua capacidade para construir uma Educação inclusiva e de oportunidades para todos”, afirmou o presidente.

A banca que analisou seu trabalho pediu “Readequações” na tese, mas o ministro disse que precisou voltar ao Brasil por conta de “Dificuldades financeiras” e que não retornou para apresentar o texto.

“A pesquisa foi concluída? Foi. A estrutura da pesquisa, do pós-doutorado. Não tem sala de aula, não tem nota de uma disciplina, uma orientação. Foi caracterizado que, quando foi concluído o trabalho, a pesquisa tinha que ser registrada em um cartório acadêmico. E você tem a pesquisa lá, registrada. Agora, o pós-doutorado um título de pesquisa. Se você olhar o documento de Rosário, vai ver que os créditos foram concluídos”, disse.

Reportagem do site Intercept de fevereiro de 2019 revelou que o atual ministro nunca estudou na Universidade Yale, nos Estados Unidos, e não obteve o título de mestre em direito público pela instituição americana, como informava seu currículo em um artigo publicado pelo jornal Folha de S.Paulo.

Este artigo foi resumido em 71%

Originalmente Publicado: 30 de Junho de 2020 às 17:21

Fonte: BBC News