Um adolescente de 17 anos foi preso nesta sexta-feira no estado americano da Flórida acusado de planejar o ataque hacker que invadiu cerca de 130 contas do Twitter no último dia 15 de julho.

O candidato presidencial dos EUA Joe Biden, a estrela de TV Kim Kardashian, o ex-presidente dos EUA Barack Obama e os bilionários Bill Gates e Elon Musk são algumas das personalidades que tiveram as contas invadidas.

Em nota, o procurador estadual Andrew Warren afirmou que “Os crimes foram cometidos usando os nomes de pessoas famosas e celebridades, mas não são as principais vítimas aqui. Este ‘Bit-Con’ foi projetado para roubar dinheiro de americanos comuns de todo o país, inclusive aqui na Flórida. Essa fraude maciça foi orquestrada aqui mesmo em nosso quintal, e não vamos aceitar isso”.

De acordo com a procuradoria, o esquema criado por Clark para invadir as contas dos famosos conseguiu arrecadar mais de US$ 100 mil em bitcoin em apenas um dia.

O comunicado ainda afirma que a lei da Flórida permite que menores de 18 anos “Sejam processados como adultos em casos de fraude financeira, quando apropriado”.

O órgão diz ainda que FBI e Departamento de Justiça continuarão trabalhando em conjunto durante toda o processo.

O Twitter, que teve seus sistemas internos invadidos há cerca de duas semanas, disse que 130 contas foram atacadas.

Este artigo foi resumido em 48%

Originalmente Publicado: 31 de Julho de 2020 às 16:25

Fonte: Globo