Eduardo Sasha conseguiu, na Justiça, a rescisão indireta de seu contrato de trabalho com o Santos, que tinha validade até o fim de 2022.

O jogador de 28 anos alegou falta de pagamento dos salários, direitos de imagem e falta de recolhimento do FGTS e, após deferimento do pedido de tutela, está livre para acertar seu futuro.

O destino pode ser o Atlético-MG, que tem interesse no jogador e já negocia com seu staff.

O treinador e o atacante se deram muito bem no Santos em 2019, quando Sasha foi titular do Peixe sob comando do argentino.

O Galo busca, há meses, a contratação de mais uma opção para o comando de ataque, necessidade que ficou ainda mais urgente após a grave lesão de Diego Tardelli, sofrida no último dia 15, em jogo-treino na Cidade do Galo.

Segundo apurou o ge, o jogador orientou seu staff a resolver a situação o mais rápido possível, até para que ele não fique sem atuar e perca condição física.

Pela parte do Santos, que convive também com a ação do goleiro Everson, o clube paulista pode tentar derrubar a “Tutela de urgência” concedida a Sasha.

Este artigo foi resumido em 41%

Originalmente Publicado: 31 de Julho de 2020 às 21:42

Fonte: Globo