Marcelo Crivella anunciou nesta sexta-feira que o banho de mar nas praias está liberado.

Segundo Crivella, o Rio está entrando na quinta e penúltima fase da flexibilização das medidas de isolamento social do município, que sofre com a pandemia do novo coronavírus desde março.

A Fiocruz, no entanto, alerta que uma possível segunda onda pode, sim, acontecer no Estado do Rio.

Pontos turísticos podem abrir, mas com capacidade simultânea máxima de 50%, desde que não ultrapasse a regra de 4m² por pessoa.

A Fundação Oswaldo Cruz alerta para uma possível segunda onda de Covid-19 nos estados de Rio de Janeiro, Ceará e Maranhão.

Em junho, houve quedas seguidas, mas, no fim de julho, segundo as estimativas, a curva tornou a subir - ainda que em um patamar bem abaixo do de dois meses atrás.

Já a projeção para o Brasil, segundo o pesquisador e coordenador do Infogripe, Marcelo Gomes, “Indica que não estamos numa situação tranquila”: “Estamos com uma estimativa de que o número de novos casos semanais pode estar acima do primeiro pico, registrado em maio”.

Este artigo foi resumido em 74%

Originalmente Publicado: 1 de Agosto de 2020 às 04:00

Fonte: Globo