Miami, 1 Ago 2020 - O furacão Isaías causou fortes rajadas de vento nas Bahamas neste sábado, enquanto segue rumo Flórida, onde aguardado com o medo de que agrave a já complicada situação de saúde deste estado, com números recorde de mortos por coronavírus.

“Espera-se que ele se aproxime do sudeste da costa da Flórida mais tarde neste sábado e no domingo”, escreveu o Centro Nacional de Furacões, com sede em Miami.

O vice-diretor do Departamento de Metereologia de Bahamas disse ao jornal local The Nassau Guardian que os habitantes estão “Passando pela pior parte neste momento”.

O primeiro-ministro deste arquipélago do Caribe, Hubert Minnis, anunciou na noite de quinta-feira um relaxamento das medidas estritas de confinamento pela pandemia para permitir que os moradores se preparassem para o furacão.

Isaías o primeiro furacão a passar pelas Bahamas desde que o Dorian, de categoria 5, destruiu no ano passado duas de suas ilhas ao parar por três dias sobre o arquipélago.

Um furacão fluido -Mais ao norte, os moradores da Flórida se apressam para fazer compras de última hora diante da ameça da tempestade, a nona deste ano e a segunda que evoluiu para um furacão em uma temporada de furacões raramente ativa no Atlântico.

“Sim, temos que tomar precauções adicionais devido ao COVID-19”, disse, informando que foram distribuídas máscaras e desinfetantes.

Este artigo foi resumido em 61%

Originalmente Publicado: 1 de Agosto de 2020 às 12:58

Fonte: Uol.com.br