O Bahia até saiu na frente, mas não conseguiu segurar a vantagem e perdeu de virada por 3 a 1 para o Ceará no primeiro jogo da final da Copa do Nordeste.

A inconsistência no jogo, associado aos nossos erros técnicos, fizeram com que o adversário ganhasse confiança e voltasse para o jogo depois do empate - avaliou Roger Machado.

Agora os erros foram coletivos e, hoje, nos tiraram a força da reação.

Na partida, o Bahia não produziu muito, sobretudo no segundo tempo, e teve dificuldade em finalizar as jogadas.

Roger também destacou o sistema defensivo do Ceará, que deu poucas chances para a equipe.

Erros de passe talvez muito pela ansiedade do jogo, mas uma parte motivada pela defesa adversária, que tirava muitos espaços, e a gente tentando forçar um pouco, acelerar um pouco mais o jogo.

Não vi tanto tempo, até porque o Clayson estava nos dando uma condição importante até este momento.

Este artigo foi resumido em 82%

Originalmente Publicado: 1 de Agosto de 2020 às 18:52

Fonte: Globo