Após fechar as escotilhas entre a ISS e a Dragon- que ficou “Estacionada” do lado de fora desde que os astronautas chegaram-, foi realizado o procedimento de despressurização da cápsula.

um primeiro passo para viabilizar o plano da Nasa de realizar voos regulares para a ISS, inclusive comerciais, para experimentos privados, e até turísticos.

Se for muito agudo, a força-G poderia ser fatal para os astronautas e/ou o atrito com o ar poderia fazer a cápsula explodir.

No retorno da Crew Dragon, a Nasa estima que será impossível o contato com os astronautas durante seis minutos - se algo der errado nesse tempo, está completamente nas mãos deles.

Depois, os astronautas seguem de helicóptero para terra firme, onde passarão por uma bateria de exames médicos.

Os custos da exploração espacial são reduzidos com o uso de foguetes reutilizáveis, como o Falcon 9, e com o “Aluguel” de vagas nos lançamentos e de espaço na Estação Espacial Internacional para experimentos privados.

A Crew-1 vai inaugurar oficialmente o programa comercial da agência, que prevê o pagamento de US$ 2,6 bilhões companhia de Elon Musk, por no mínimo seis lançamentos.

Este artigo foi resumido em 79%

Originalmente Publicado: 1 de Agosto de 2020 às 20:44

Fonte: Uol.com.br