A Organização Mundial da Saúde alertou, neste sábado, que a pandemia do novo coronavírus será provavelmente “Muito longa”, seis meses depois de declarar a emergência internacional.

O comitê de emergência da OMS, que se reúne pela quarta vez desde a sexta-feira, “Destacou que espera que a duração da pandemia de COVID-19 será certamente muito longa”, informou a organização em um comunicado.

A OMS também alertou para “o perigo de que se afrouxe a resposta em um contexto de pressões socioeconômicas”.

“O comitê destacou que espera que a duração da pandemia de COVID-19 será certamente muito longa e tomou nota da importância de se manter a resposta e os esforços das comunidades nacionais, regionais e globais”, acrescentou.

Além disso, o comitê pediu OMS que apoie os países no desenvolvimento de tratamentos e vacinas e também defendeu que haja maior transparência “Na forma como se transmite o vírus, após as potenciais mutações, a imunidade e como se proteger”.

O comitê, formado por 18 membros e 12 assessores, ratificou por unanimidade, como era previsto, que o vírus continua representando uma urgência sanitária internacional.

Os Estados Unidos, que acusaram a organização de ser um “Fantoche” manipulado pela China, iniciou em julho sua retirada da organização.

Este artigo foi resumido em 42%

Originalmente Publicado: 1 de Agosto de 2020 às 14:18

Fonte: msnNOW