RIO - Após uma semana em queda, o Brasil voltou a apresentar tendência de estabilidade na média móvel de mortes por Covid-19.

Covid-19: Reinfecção pelo coronavírus não deve ser problema para vacinas, diz virologista da UFRJ. A média móvel faz uma média entre o número de mortes do dia e dos seis anteriores.

O cálculo um recurso estatístico para conseguir enxergar a tendência dos dados abafando o “Ruído” causado pelos finais de semana, quando a notificação de mortes se reduz por escassez de funcionários em plantão.

De acordo com o boletim das 20h do consórcio de veículos de imprensa, foram registrados 454 óbitos nas últimas 24 horas, totalizando 132.117 vidas perdidas para o coronavírus.

O Brasil tem 12 estados com tendência de queda na médias móveis de mortes por Covid-19: Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e Tocantins.

O consórcio de veículos de imprensa formado por O GLOBO, Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo e reúne informações das secretarias estaduais de Saúde divulgadas diariamente até às 20h. A iniciativa dos veículos da mídia foi criada a partir de inconsistências nos dados apresentados pelo Ministério da Saúde.

A imunidade adquirida contra o Sars-CoV-2, vírus que causa a Covid-19, tem vida realmente curta, sugere um dos mais alentados estudos já realizados sobre o tema.

Este artigo foi resumido em 68%

Originalmente Publicado: 14 de Setembro de 2020 às 20:00

Fonte: Globo