Vale lembrar que o PS5 tem uma transmissão ao vivo marcada para esta quarta-feira, às 17h. Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo.

Quanto mais performance o design exige do produto, maior o risco de que alguma pequena imperfeição impeça o processador final de atingir esse valor de desempenho.

Como a Sony precisa garantir que 100% dos PS5 fabricados sejam capazes de atingir a mesma capacidade, qualquer processador que falhe nessa tarefa se torna impróprio para o console.

PlayStation tem produção reduzida por falha no processador, diz rumor - Foto: Divulgação/Sony.

Na indústria de semicondutores, chips que não atendem a um determinado perfil de desempenho podem acabar sendo reaproveitados em produtos mais baratos: uma RTX 2060 da Nvidia pode não ser nada mais do que uma RTX 2080 que saiu com problemas da fábrica e não atendeu o nível de exigência da placa mais cara, por exemplo.

Em qualquer dos casos, o processador que não serve para o videogame precisa ser descartado - o que eleva custos de fabricação e restringe o volume de consoles que a Sony pode colocar no mercado a curto prazo.

Vale citar que, na live desta quarta-feira, a empresa pode apresentar o preço e mais jogos que chegam durante a janela de lançamentos do console, além dos próximos anos.

Este artigo foi resumido em 58%

Originalmente Publicado: 15 de Setembro de 2020 às 12:55

Fonte: Techtudo.com.br