O Furacão saiu atrás duas vezes no placar, mas buscou o resultado que deu a liderança do Grupo C. Os bolivianos abriram o placar logo no começo do jogo, com Gilbert Álvarez, e o Athletico empatou com Lucho González, de pênalti.

O Wilstermann voltou a ficar na frente do placar com gol do atacante brasileiro Serginho, mas o Furacão deixou tudo igual no placar com um lindo gol de Christian.

Após o jogo, o técnico Eduardo Barros destacou a capacidade de reação da equipe atleticana para buscar o resultado.

Uma vitória da força do grupo, que tem tido uma força mental gigantesca para melhorar o nosso desempenho e reverter os resultados que tinham sido muito adversos nas últimas rodadas - disse o treinador em entrevista.

A equipe chilena venceu o Peñarol por 2 a 1 nesta terça-feira, jogando em casa, e também tem seis pontos no Grupo C. - Uma vitória importante para as nossas pretensões.

A gente chega com todas as cartas na mão, respeitando os nossos próximos adversários, mas tentar nos impor sobre eles e consolidar a nossa classificação para as oitavas de final.

O Athletico “Devolveu” os 3 a 2 que levou em 2019 do Jorge Wilstermann, na fase de grupos da Libertadores.

Este artigo foi resumido em 47%

Originalmente Publicado: 15 de Setembro de 2020 às 22:30

Fonte: Globo