O Governador João Doria anunciou nesta quarta-feira a autorização para reabertura dos parques temáticos ao público a partir de 23 de setembro.

Veja tambémGuia de prevenção sobre o novo coronavírusPlano São Paulo: balanços e protocolos para retomadaAs medidas adotadas pelo Governo de SP para o combate ao coronavírus.

“São Paulo concentra, de longe, a maior quantidade de parques e atrações temáticas do país. Também a maior concentração da América Latina”, afirmou o Governador, em referência ao segmento dos parques temáticos.

Os parques são âncoras do turismo de lazer familiar no interior, como nas cidades de Vinhedo e Itupeva, onde ficam o Hopi Hari e o Wet´n Wild, e Olímpia, que se destaca pelas atrações aquáticas, além de uma concentração natural de atividades na Grande São Paulo.

Os parques poderão operar ao longo de oito horas diárias com 40% da capacidade de público.

O ranking 2019 da organização internacional Themed Entertainment Association aponta que o Termas dos Laranjais, de Olímpia, com 1,84 milhão de visitantes anuais, o quinto parque aquático mais visitado do mundo e único brasileiro entre os dez mais visitados.

Além do Termas dos Laranjais, que lidera o ranking regional, aparecem o Magic City Water Park, de Suzano, com 681 mil visitantes, o Thermas Water Park, de São Pedro, com 641 mil, e o Hot Beach, também de Olímpia, com 608 mil - os três tiveram um crescimento acima de 30% no número de visitantes na comparação entre 2019 e 2018.

Este artigo foi resumido em 40%

Originalmente Publicado: 16 de Setembro de 2020 às 14:13

Fonte: Sp.gov.br