O perfil do Twitter “Aécio de Papelão” trouxe novamente tona, nesta segunda-feira, um vídeo que mostra o deputado federal Celso Russomanno humilhando uma caixa de supermercado.

“Eu achei que carreira política do Russomanno tinha acabado depois disso”, escreveu o perfil junto ao vídeo, que já foi compartilhado por mais de 2,8 mil pessoas e está viralizando nas redes.

O deputado candidato prefeitura de São Paulo e deve receber o apoio de Jair Bolsonaro, que já estaria trabalhando para inviabilizar a candidatura de sua ex-aliada, Joice Hasselmann.

Na ocasião, o parlamentar fui até uma unidade do supermercado Dia, na Zona Leste da capital paulista, para reivindicar o direito do consumidor de comprar apenas a quantidade de produtos que atendesse sua necessidade.

Para isso, ele abriu pacotes de produtos como papel toalha e caixa de fósforos, que continham mais de uma unidade de cada produto, para poder comprar as unidades separadamente, fazendo ameaças de prender a funcionária da loja e chamar a polícia.

“Não ofendi nem insultei a atendente. Apenas defendi o direito do consumidor de adquirir os produtos na quantidade adequada às necessidades da consumidora. Como o vídeo em questão uma montagem, não mostra que no final as funcionárias me agradecem e defendem a ação”, afirmou época.

Em entrevista aos Jornalistas Livres, no entanto, a funcionária Cleide Cruz afirmou que foi, sim, humilhada pelo político e que chegou, inclusive, a receber advertências do supermercado após o episódio.

Este artigo foi resumido em 33%

Originalmente Publicado: 15 de Setembro de 2020 às 17:28

Fonte: Revistaforum.com.br