Em entrevista BBC News Brasil por Skype, Possuelo, 80, teme que a morte de Franciscato sirva de munição para os opositores de maiores concessões aos povos indígenas, especialmente no que diz respeito demarcação de terras.

O sertanista acredita ainda que a intensificação de conflitos em áreas de presença indígena desde que Jair Bolsonaro assumiu a Presidência poderão resultar em mais baixas.

Mas preciso deixarmos claro que o Rieli seria o primeiro a reagir contra qualquer tentativa de usar a morte dele para qualquer medida contra os povos isolados.

“Possuelo - Os índios daqueles grupos que se mantêm isolados não são um bando de selvagens que andam por aí matando. Eles têm comportamentos éticos. Mas eles não falam com a sociedade, não há quem explique para eles"olha, aquelas pessoas ali são sertanistas ligados Funai’’.

O pessoal da Funai que está nas proximidades não tem uma estrela na testa que os distinga de invasores.

O presidente Bolsonaro deixa de cumprir a Constituição no que diz respeito demarcação de terras indígenas.

A falta de vigilância nas terras indígenas permite que invasores penetrem as terras indígenas e a possibilidade de que entrem em conflito com os povos isolados muito grande.

Este artigo foi resumido em 83%

Originalmente Publicado: 15 de Setembro de 2020 às 16:45

Fonte: BBC News