Uma paciente de 42 anos, que estava internada com Covid-19, morreu ao ser transferida durante o incêndio no Hospital Federal de Bonsucesso, no bairro de mesmo nome, na Zona Norte do Rio, nesta terça-feira.

Muitos pacientes em macas estão sendo retirados do Hospital Federal de Bonsucesso com o auxílio de voluntários que passam pelo local.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que pacientes do HFB foram transferidos para os hospitais municipais Souza Aguiar, no Centro; Evandro Freire, na Ilha do Governador; Ronaldo Gazolla, em Acari; Maternidade Fernando Magalhães, em São Cristóvão; Maternidade Maria Amélia Buarque de Hollanda, no Centro e para o Hospital de Campanha do Riocentro.

Presidente do Sindicato dos Médicos do Rio Alexandre Telles contou que chegou ao hospital por volta de 9h30 para um compromisso e que o incêndio começou cerca de dez minutos depois, próximo sala de Raio-X. - Bombeiros levaram 20 minutos para chegar.

Uma delas lembra que, em setembro do ano passado, o Corpo de Bombeiros alertou sobre o riscos de incêndios na unidade de saúde.

“E esse incêndio no Hospital Federal de Bonsucesso??! Quando trabalhei lá, sempre achava que algo do tipo iria acontecer. O governo tá nem aí pra essa unidade, vários diretores corruptos, fios soltos nos andares de baixo e muito desorganizado. Que dó dos doentes e funcionários.”

“Muito triste ver o hospital de Bonsucesso no Rio pegando fogo, esse o resultado da falta de manutenção, causando um problema enorme a milhares de pessoas que estão ali internadas, e as que dependem de consulta e exames!”.

Este artigo foi resumido em 78%

Originalmente Publicado: 27 de Outubro de 2020 às 17:48

Fonte: Globo