BRASÍLIA - O senador Telmário Mota afirmou que o jornalista Romano dos Anjos, vítima de sequestro em Boa Vista e encontrado vivo nesta terça-feira, “Deve estar sendo vítima das suas próprias palavras”.

Quanto vida dele, claro que eu quero, peço a Deus que salve, mas dizer ‘não, ele gente boa’? Não, ele mau caráter.

Os áudios de Telmário foram divulgados inicialmente pela revista Crusoé e confirmados pelo GLOBO. Após a divulgação, o senador afirmou que quis dizer que, mesmo se o jornalista morresse, “Continuaria a dizer que ele não presta”.

Não porque ele morreu que eu vou dizer que ele bom, não.

Em outra gravação, Telmário reclama que o jornalista tentou associá-lo a investigações sobre desvios na saúde pública do Estado nos últimos dias.

Se de fato ele foi sequestrado que Deus tenha pena dele e salve a vida dele, mas não sou hipócrita - disse.

Nos áudios, o parlamentar afirmou, ainda, que o jornalista deve ser comparado a um “Bandido de favela” e que “Ninguém tem pena” de bandido.

Este artigo foi resumido em 64%

Originalmente Publicado: 27 de Outubro de 2020 às 19:24

Fonte: Globo