Imagem de célula infectada pelo coronavírus Sars-Cov-2 - Foto: Cynthia Goldsmith e Azaibi Tamin/CDC. A FDA - agência regulatória dos Estados Unidos semelhante Anvisa - autorizou neste sábado o uso de anticorpos monoclonais para o tratamento da Covid-19.

De acordo com a FDA, os medicamentos casirivimab e imdevimab poderão ser administrados juntos no tratamento de casos leves a moderados de Covid-19 em adultos com risco de desenvolver quadros graves da doença, como idosos ou pessoas com condições médicas crônicas.

A FDA não autoriza o uso em pacientes que já estejam hospitalizados com Covid-19 ou que estejam recebendo oxigênio por causa da doença.

Laboratório Regeneron produz anticorpos monoclonais em testes contra a Covid-19 - Foto: Brendan McDermid/Arquivo/Reuters.

Os cientistas usam os genes dos anticorpos neutralizantes e inserem em uma célula padronizada, chamada de célula CHO;.Com isso, os pesquisadores tentam criar um coquetel com os anticorpos isolados do coronavírus para uso preventivo ou durante a evolução da doença;.

Cientistas no Reino Unido anunciaram que vão começar, neste sábado, a terceira e última fase de testes de um possível tratamento contra a Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus.

Segundo os pesquisadores, o tratamento, que usa anticorpos monoclonais, pode ajudar quem não puder ser vacinado contra a doença.

Este artigo foi resumido em 50%

Originalmente Publicado: 22 de Novembro de 2020 às 00:09

Fonte: Globo