Uma possível alternativa vacina contra a covid-19 para pessoas que não podem ser vacinadas está sendo desenvolvida no Reino Unido pela farmacêutica AstraZeneca.

Trata-se de uma injeção que usa anticorpos.

Pode oferecer defesa por pelo menos 6 meses a pessoas que não têm um sistema imunológico funcional.

Na maioria dos casos em que isso se dá há uma deficiência causada pelo uso de drogas ou pelo tratamento de doenças como o câncer.

Embora estudos preliminares sugiram que a duração da proteção seja de 6 meses, possível que a dure até 12 meses.

Mas uma solução muito mais cara do que a vacina e produção complexa.

Isso faz com que seja improvável que seja utilizada em grande escala.

Este artigo foi resumido em 31%

Originalmente Publicado: 21 de Novembro de 2020 às 10:15

Fonte: Poder360.com.br