Aps a vitria deste sbado por 1 a 0 sobre o Operrio-PR, pela 22ª rodada da Srie B do Campeonato Brasileiro, o volante Juninho admitiu que a equipe mineira alcanou um “Outro patamar” ao chegar to longe na competio mata-mata.

“Sabemos que a nossa equipe, talvez com essa classificao, alcanou um outro patamar, a gente no pode negar isso. Mas na humildade sempre, respeitando o adversrio, com os ps no cho, da mesma forma que a gente tem conquistado”, disse, em entrevista ao canal Premiere logo aps o triunfo no Estdio Germano Kreger, em Ponta Grossa, interior do Paran.

Na ocasio, o jogador provocou o adversrio e frisou o grande momento vivido pelo time rubro-negro, que viria a ser campeo nacional e da Copa Libertadores naquela temporada.

“S deixar um recadinho: ns estamos brigando por ttulo, eles eu no sei pelo que esto brigando. Ento a gente tem que ter a cabea no lugar, porque isso aqui o que eles queriam: tumultuar o jogo, ficar fazendo gracinha. O Henrquez ali o tempo todo falando… Temos que ter cabea no lugar porque estamos em outro patamar”, disse Bruno Henrique, na ocasio.

Recuperao na Srie B. No existe uma descrio para essa imagem ou galleria.

Apesar de comemorar a vaga indita para o Amrica na semifinal da Copa do Brasil, Juninho pregou concentrao na disputa da Srie B. Com o 1 a 0 sobre o Operrio-PR, o time findou uma sequncia de trs jogos sem vencer na competio, chegou aos 40 pontos e assumiu a vice-liderana.

“No tem o que falar do trabalho que est sendo feito. Foi uma classificao histrica, mas passou. S dia 23 de dezembro, se no me engano. Sabamos que tnhamos que voltar a vencer no Brasileiro, pois o pessoal encostou. Viemos aqui e conseguimos a vitria, uma vitria importante, uma vitria que d confiana no Brasileiro. Agora, seguir trabalhando”, frisou.

Este artigo foi resumido em 19%

Originalmente Publicado: 21 de Novembro de 2020 às 19:56

Fonte: Superesportes.com.br