As câmeras de segurança do supermercado Carrefour de Porto Alegre flagraram a ação que levou a morte brutal de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, espancado por dois seguranças na quinta-feira.

As informações são do G1. Logo em seguida, João Alberto agarrado e começa a ser agredido com chutes e socos, enquanto resiste em pé tentativa de imobilização.

A série de agressões contínua com João Alberto recebendo socos na cabeça e também no abdômen.

Um deles parece pedir calma aos seguranças enquanto outro ajuda os vigilantes que já estavam segurando João Alberto.

Mesmo imobilizado por três pessoas, o espaçamento continua.

Um dos funcionário fica com o joelho nas costas de João Alberto, perto do pescoço, por cerca de três minutos até a vítima parar de se mexer.

Após o crime, o policial militar Giovane Gaspar da Silva, de 24 anos, e o segurança Magno Braz Borges, de 30, foram presos em flagrante.

Este artigo foi resumido em 58%

Originalmente Publicado: 22 de Novembro de 2020 às 09:54

Fonte: Istoe.com.br